Entrevistas de emprego online se tornam rotina durante a pandemia

O método de avaliação que antes já era utilizado por algumas empresas mostrou-se a melhor opção para não furar a quarentena na hora de contratar novos funcionários

Desde o início da quarentena, em março deste ano, a suspensão dos serviços de transporte público contribuiu para a adoção de métodos alternativos para a realização de entrevistas de emprego. Formulários maiores, testes, provas online e solicitação de envio de vídeos de apresentação dos candidatos estão cada vez mais presentes nos sites de emprego. Tudo isso para garantir a eficácia do processo seletivo, respeitando as normas do isolamento social.

Atuando no RH de uma empresa de segurança patrimonial, Fernanda de Lourdes conta que precisou contratar pelo menos 30 novos funcionários desde o início da pandemia. Muitas das contratações aconteceram por meio de entrevistas remotas. “Fiz várias entrevistas por chamada de vídeo, principalmente no período em que a cidade estava sem transporte público e também quando as vagas eram para outras cidades”, relata. Fernanda garante que apesar de não ter encontrado grandes dificuldades, foi necessária uma adaptação dos processos. Antes da pandemia, para ganhar tempo, ela conseguia avaliar cerca de 20 candidatos por vez em entrevistas coletivas. 

Amanda dos Santos saiu do seu último emprego no final do ano passado e nem imaginava que ia encarar um cenário completamente novo quando voltasse a procurar oportunidades de trabalho. Ela passou por três processos seletivos entre abril e junho, e em nenhum deles teve que se deslocar até a empresa.“Eles me pediram pra fazer um vídeo, me apresentando, falando sobre mim’, descreve. “Enviaram algumas perguntas e eu tinha que responder por vídeo. Também teve ligação, fizeram meio que um bate-papo comigo por telefone”, completa.

Amanda foi contratada em junho, por uma loja de artigos esportivos, como estagiária de marketing. A entrevista para essa vaga foi realizada por ligação de vídeo, através do aplicativo Whatsapp. Ela conta que não teve nenhuma dificuldade em se adaptar à nova circunstância. “Eu achei até melhor do que ter que me deslocar até o local e às vezes receber um não, gastar com transporte, essas coisas”, admite. Além disso, ela conta que se se sentiu mais tranquila por não precisar estar em contato direto com outras pessoas por conta da pandemia.

Desde o dia 1º de setembro, o transporte público voltou a funcionar mais uma vez em Joinville e, com isso, algumas empresas retornaram ao sistema normal de seleção, realizando entrevistas presenciais. Algumas, na verdade, nem chegaram a fazer alterações no seu processo. Luciana Boing Teixeira é gerente do departamento de RH da filial de coleta da empresa Ambiental, e as entrevistas para os cargos de operação aconteceram normalmente desde o início da pandemia. “Fazemos contatos via telefone e para entrevistas agendamos horários e mantemos distância recomendada pelos órgãos de saúde”, relata.  Para atender aos cuidados recomendados, Luciana explica que os candidatos estão sendo atendidos individualmente, com a condição do uso de máscaras. Além disso, a empresa utiliza termômetros para medição de temperatura e álcool em gel 70% disponível e visível para todos usarem.

Dicas para se sair bem durante uma entrevista de emprego online

  1. Verifique sua conexão de internet
  2. Escolha bem o local
  3. Defina o equipamento
  4. Saiba se portar diante da câmera
  5. Pense no visual
  6. Desligue outros programas
  7. Tenha papel e caneta por perto
  8. Fique atento ao delay

Repórter: Luana Verçosa
Foto: http://www.freepik.com / Designed by tirachardz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *